quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Ação do MPE pede a inelegibilidade de Gilberto Carneiro

Lenilson Guedes

O Procurador Geral do Estado, Gilberto Carneiro, será julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) na sessão da próxima terça-feira (11). Em pauta uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), proposta pelo Ministério Público Eleitoral, pedindo a inelegibilidade de Carneiro. Ele é acusado de suposta prática de abuso de poder político.

De acordo com o advogado Edward Johnson, o processo tem como fundamento a denúncia de uma ex-servidora da prefeitura de João Pessoa, que alega ter sido vítima de perseguição por parte de Gilberto Carneiro na época em que ele foi secretário de Administração do município. O advogado confia na absolvição do seu cliente, sendo a ação julgada improcedente pelos membros do TRE-PB.

O pedido de pauta foi publicado nesta quarta-feira (5) no Diário eletrônico do TRE-PB.

AIJE nº 4-31.2011.6.15.0000 - Classe 3 (Protocolo: 46.679/2010)
Procedência: João Pessoa-PB.
Relator: Exmo Juiz João Batista Barbosa
Assunto: AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL - PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO - PROCURADORIA DA REPÚBLICA - SUPOSTA PRÁTICA DE ABUSO DE PODER POLÍTICO - PEDIDO DE PENA DE INELEGIBILIDADE.
Investigante(s): Ministério Público Eleitoral
Investigado(s): Gilberto Carneiro da Gama
Advogado(s): Gibran Motta; Alyne Menezes Brindeiro de Araújo;
Edward Johnson Gonçalves de Abrantes
Investigado(s): Rosa de Fátima Gondim do Nascimento
Advogado(s): João da Mata Filho
Investigado(s): Aurora Maia Dantas
Advogado(s): Jacqueline Rodrigues Chaves

About the Author

Lenilson Guedes / Author & Editor

Has laoreet percipitur ad. Vide interesset in mei, no his legimus verterem. Et nostrum imperdiet appellantur usu, mnesarchum referrentur id vim.

0 comentários:

Postar um comentário